quinta-feira, 21 de outubro de 2010

A escolha do obstetra

Foi uma tarefa difícil, mas necessária: A escolha do obstetra.
Mesmo com algumas críticas de pessoas da família e de amigos, eu estava desde o início da gestação fazendo meu pré-natal com mais de um obstetra, pq a minha médica escolhida não atenderia meu convênio para o parto e com isso tive que ir em busca de um novo médico para me acompanhar.
Dicas daqui e ali... comecei com 3. Depois de algumas consultas optei por ficar somente com 2, e estava até hoje muito feliz com meus 2 obstetras. Por mim, na verdade, ficaria com os 2! Mas, por pura pressão do marido, tive que fazer uma escolha.
Isso veio várias vezes em sonho, os dois médicos chegaram até brigar em um deles...rs na terapia tb cheguei a avaliar várias vezes os dois... mas, como disse uma prima ginecologista, quando fosse o dia do parto não saberia quem chamar.
Enfim, com a decisão tomada, no fundo, bem no fundo, achei bom ter feito isso.
Meu médico escolhido é super gente boa e como diz o Edgar, durante as consultas falta só uma cervejinha, de tão bom que é o papo e o tamanho da atenção e cuidado que ele tem com a gente. Uma graça de pessoa. Estou feliz com minha decisão!

3 comentários:

edgarpetriccione disse...

Ufa! Já estava na hora mas foi uma ótima escolha! Dr Fábio é um cara bem legal!

Bj

Marido

Julia Bayeux Petriccione disse...

com certeza, né, dix! lov u!

Luciana disse...

VC TÁ LINDA GRÁVIDA!!!!!! MINHA POROCOTIOCA!!!!!