domingo, 27 de março de 2011

Ser mãe

Estou bastante atrasada com meus posts, mas pensando todos os dias nas tantas coisas que desejo colocar aqui, para dividir com vocês e ter como recordação para a Olivia.

Cada dia é uma descoberta diferente. Depois de um mês com o papai Eddie de férias e em casa com a gente, estou há 2 semanas somente eu e Olivia. No primeiro dia de trabalho dele eu até chorei, por tristeza e por desespero de ficar sozinha, medo de não dar conta, mas encarei, como faço com tudo nessa vida e está dando certo.
A Eliete,  a nossa ajudante, está cuidando da casa e das nossas refeições 2 vezes na semana e quando eu achar o melhor momento ela virá todos os dias, para me ajudar com Olivia também.

Ser mãe é uma coisa louca! Do amor infinito ao desespero, em alguns momentos...rs
Comecei a descobrir o que é ser mãe mesmo ficando sozinha com ela. Quero passar estes primeiros meses só eu e ela, pra gente se conhecer melhor e fortalecer nosso vínculo.

Pra mim, ser mãe são tantas coisas...
Vou tentar dividir um pouco minhas experiências...
Ser mãe é acordar a cada duas horas pela madrugada, mesmo quando a bebê ainda dorme, preocupada porque ela ainda não acordou pra mamar e ficar esperando...rs e o marido dizendo: aproveita pra dormir, sua doida...rs
É não ter tempo de tomar café e quando ver já é hora do almoço...
É ser presenteada com o xixizinho ou um cocozinho surpresa na troca, que suja o mundo...
É ficar com os seios mais do que inchados quando saio do banho ou pela manhã, e sentir até dor.
É andar com uma vasilha pela casa o dia todo pra despejar o excesso de leite que sai nas conchas e muitas vezes jorra pela casa...
É acabar de colocar uma roupa linda e dois minutos depois ganhar um gorfo ou ficar toda molhada do excesso de leite...
É acabar de tomar banho e ganhar um gorfo...
É ficar "azedinha" de leite...
É esquecer que existe perfume...
É ficar com os bicos dos seios doloridos de tanto dar de mamá...
É deixar a bebê brincar com os bicos dos seios, mesmo doloridos, até ela pegar no sono, pq chupeta está totalmente fora dos planos...
É quase ter um treco quando a bebê gorfa litros de leite e ainda engasga....
É dar o peito toda hora, a todo momento, mesmo sabendo que não cabe mais nada na barriguinha dela e que em breve tudo aquilo vai sair, porque ás vezes nada além do mamá funciona....
É passar horas olhando pro rebento com um sorriso de amor estampado no rosto, não acreditando que saiu da gente, que tudo aquilo foi feito aqui dentro...
É trabalhar com uma mão no computador e com outra carregar a bebê...
É ficar com as costas e pescoço travados e com dores nos braços e nos pulsos de tanto carregar a bebê, trabalhar e dar de mamá em posições horrorosas, porque ás vezes não dá tempo nem de tirar o sutiã direito, ainda mais sentar em uma posição confortável....
É ganhar vários sorrisinhos maravilhosos e ganhar o dia!
É chorar ao ver comercial com bebês ou qualquer coisa que envolva crianças...
É perceber o tamanho crescimento da bebê só com meu leite e ficar mais do que realizada...
É proteger, é amar incondicionalmente, é não conseguir mais pensar na gente da mesma forma...
É não ter tempo pra fazer as unhas e de cortar o cabelo...
É poder sair com os amigos e com a bebê e ter uma coisinha mais que especial pra dividir com eles...
É ser feliz por qualquer motivo...
É gostar de trocar fralda e se divertir com a coisa mais boba do mundo.
É ficar boba...
É ter o melhor humor do mundo e esquecer o stress...
É não deixar que nada mude isso...
É pensar que dormir não é uma prioridade e sim uma perda de tempo...
É contar as horas do dia pelas mamadas, quando elas espaçam...
É tirar foto de cada olharzinho diferente...
É cantar e conversar com ela o dia todo...
É tomar banho de chuveiro com ela e se divertir horrores, quando o papai não pode dar.
É passar o dia com ela no colo, dando todo carinho, querendo que ela guarde somente boas lembranças de seu início de vida, que será tão importante para seu crescimento....
São tantas coisas que poderia ficar o dia todo escrevendo... mas, o mais legal de ser mãe é simplesmente    Ser,     Mãe.
Queria dividir com as mamães um site muito legal http://www.coisasdebebe.com.br/bebe/index.php
Estão também no twitter www.twitter.com/coisasdebebe
Fui sorteada e ganhei o livro do bebê deles, para escrever e guardar todas as lembranças da Olivia, até os primeiros anos de vida! Simplesmente adorei!

9 comentários:

Sandra Hellen disse...

Que lindo Julia!! É isso mesmo...milhares de descobertas, milhares de medos, milhares de milhares de coisas novas....e assim vamos nos construindo como mãe e nossos pequenos como pessoas e filhos!!!

Beijos mil pra vc e a fofa da Olívia!!

Nave Mamãe disse...

O Lorenzo também é peito pra tudo: pra dormir, pra gases, pra refluxo, pra superestimulação, pra cansaço, pra chupetear...
Meu seio viiive esfolado!

Teu sling é de onde? Tenho o de saco e o de argola e o Lorenzo não gosta de nenhum...

Beijos

Julia Bayeux Petriccione disse...

Nós mamàes somos o máximo, né?! Muito orgulho!!!

Os meus slings são da Amolis http://slingada.blogspot.com/2011/03/slingada-e-alegria.html

Tem vários modelos, vai que um seu bebê se adapta :D

Bjão

Jaque Moraes disse...

Julia!!!!
Simplesmente LINDO teu post!!! Tava inspirada pela Olivia, né!!!!!
Me enxerguei em cada frase! kkkk
E o tempo voa, né! Quando a gente percebe já é manhã, daqui a pouco já é tarde e nem sentimos quase!
Beijinhos meus e do Gui!!!

Jaque Moraes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruna Miranda disse...

lindo o post Ju, adorei! mais uma vez parabéns pela linda Olivia :)

Dadá disse...

Jú,

Ser mãe é isso tudo que vc escreveu e mais um pouco... não existe palavras é só sentimentos!!

Bjão p/ vc e a princesa Olivia

Bom fim de semana!!

Luciana disse...

Vc foi um Bebê muito querido e amado e, agora uma mãe maravilhosa!!!!

olavo disse...

a olivia ta cada dia maior , que linda vai ficar enorme , beijos pra minha netinha