domingo, 19 de dezembro de 2010

Curso | Humanização | Barriga

De volta ao blog, depois de muita correria por aí...
As coisas estão caminhando bem, mas ainda faltam definir alguns detalhes bem importantes.
Conheci as doulas maravilhosas e agora estou naquele dilema que eu "amo": quem escolher?
Não consegui conhecer nenhum pediatra/neonatologista ainda, apesar de ter tentado nesse sábado um daqueles que me fora indicado, mas acabou não dando certo.
Conhecemos finalmente a Maternidade São Luiz, onde teremos a nossa Olivia, e fizemos o curso preparatório para o parto e cuidados com o bebê. Na verdade resolvi fazer este currso mais pra saber como as coisas funcionam por lá, e achei bem importante isso. 
Farei novamente este curso no Gama no final de janeiro,  mas como estará bem próximo da chegada da Olivia, foi bom pra ter uma noção com o curso do São Luiz, caso não dê tempo. O papai ficou um pouco furioso, pq acha cansativo fazer esses cursos, ainda mais 2... mas como sou uma futura mamãe muito precativa, melhor fazer 2 do que  de repente nenhum.
 O São Luiz me surpreendeu com sua postura totalmente a favor do parto normal.  Digo parto normal, não natural, mas já é um grande avanço e isso foi bem positivo, completamente diferente do que presencie na Maternidade Promatre. Antes da mudança de planos e tudo mais, nosso antigo médico nos indicou a Promatre para ter a Olivia. Fomos conhecer e não gostei nem um pouco do que vi. Lá existe um local chamado "Espaço Vida", onde as pessoas (váriassss, uma multidão!) podem assistir ao vivo sua cesária e ainda ela pode ser transmitida pela internet e isso me deixou bem assustada! As pessoas mandam convites, como de casamento, para que os "convidados" comparecem ao "evento", com dia e hora marcada para a chegada do bebê. Claro que priorizam finais de semana e feriados, para que os convidados realmente possam assistir. Enfim... esse papo vai longe e não quero gerar polêmica e cada um tem seu modo de pensar, de viver... eu optei por um caminho diferente  e ás vezes me  acho um pouco ativista, defendendo isso a ferro e fogo, mas cada um é cada um.  Só acho que no mínimo uma mãe responsável e que tem respeito pelo seu bebê deveria deixar ele informar quando está preparado para vir ao mundo, esperando seu corpo entrar em trabalho de parto,  quando isso é possível,  claro, e além de tudo isso evita muitos problemas, como depressão pós parto, e ajuda em muitas coisas, como na amamentação, pois o corpo consegue entender o que está acontecendo.

Li esses dias o livro o Renascimento do Parto,  que eu super recomendo, li outros livros também no meio do caminho, e agora estou no Parto Ativo, que fala muito da importância da Yoga na vida de uma grávida. Estou amando fazer yoga na gravidez e deveria ter começado desde o início, mas, minha ficha em relação a tudo isso só caiu na metade da gravidez, e antes, eu não conhecia esse mundo tão bom e prazeroso que vivo agora. 
Agora ouço muito falar em humanização e vejo mesmo quanta diferença existe e quanto respeito engloba com a mãe, o pai e o bebê quando esta palavra é presente.

 Minha barriga está enooorme, de repente ela se transformou em uma bola de basquete e a bebê mexe e remexe cada vez mais aqui dentro. Os movimentos passaram a ser bem mais intensos, pelo tamanho que ela está.
Vendo fotinhas de quando eu era bebê e comparando-as ás imagens do ultra-som 3D vi como a Olivia  se parece comigo! Fiquei tão feliz, pq antes eu achava tão parecida com o pai e só agora pude perceber que ela é a cara da mamãe! Te amo minha bebê!!! Cada dia mais e mais!!!

4 comentários:

Sandra Hellen disse...

Tá lindo seu barrigão!!!
Também sinto o Elias Samuel mexer mais forte e agora perto dos ossos do quadril...acho que ele mudou de posição!!

Também desejo um parto normal...e tenho conversado muito com o filhote para que ele ajude e venha no momento certo!!!

Beijos pra vocês!!

Julia Bayeux Petriccione disse...

Oi Sandra! Obrigada pela visitinha! A minha bebê cada dia tá de um jeito, nunca fica numa mesma posiçcão, é uma farra aqui dentro. Só espero tb que ela colabore no finalzinho. Sua barriga tb está linda! Bjão

Jaque Moraes disse...

Oi Julia!!!
Como eu queria poder saber se o Gui tá mais parecido comigo ou com o pai! E se a Olivia for como tu, será uma bonequinha!!!!
Legal também tu fazer os cursos. Eu acabei não fazendo nenhum, mas ainda quero ver se em janeiro eu encaixo o da maternidade que escolhi. Vamos ver como será!
Beijinhos meus e do Gui pra ti e pra Olivia e um ótimo Natal pra vocês!!!

Julia Bayeux Petriccione disse...

Oi Jaque!
Feliz Natal pra vcs tb!!!!
Um beijo grande e até 2011!!!
Bjuuuxxx