quinta-feira, 28 de abril de 2011

A bebê mais feliz do pedaço

Não existe o vídeo "O Bebê Mais Feliz do Pedaço"? Então, esse bebê é a Olivia, mas sem  usar os segredinhos do pediatra para deixar o bebê mais tranquilinho...rs  Eu costumo falar que ela é a bebê mais feliz do pedaço e ela retribui dando mais uma de suas risadinhas.

São quase 3 meses de Olivia. Quando acontecem coisas boas não notamos o tempo passar e é bem isso mesmo. A semana passa que é uma loucura, mal começa uma segunda-feira e já vem outra. 
Os dias da semana são bem produtivos pra gente, temos atividades quase todos os dias: temos encontro de amamentação, passeios no parque, grupo de coral de mamães da Materna em Canto, baby yoga, fazemos massagem e acupuntura quando dá... saímos pra almoçar com o papai e curtimos muito cada momento juntas.
Final de semana é muito bom também, encontramos com os amigos, almoçamos em lugares bacanas, tomamos sorvete (que a mamãe ama!), batemos papo, batemos perna... Final de semana  também é dia de fazer comprinhas, de passeio no parque, de ficar grudinhas com o papai e de ser ainda mais feliz!
A vida por si só vai fazendo uma rotina pra gente. Não sou metódica, não gosto de colocar horário para as coisas, não sou neurótica e deixo tudo na nossa vida fluir naturalmente.  É bem assim a criação da Olivia. Eu e Edgar somos pais muito tranquilos e extremamente amorosos e Olivia é bem o retrato disso. Os filhos são o retrato dos pais e quando vejo Olivia cada dia mais feliz, sorridente, com um humor que faz a gente ainda mais feliz e babão, me vejo realizada! Procuro transmitir todo amor e confiança à ela e isso faz muita diferença.
Estou lendo o livro "A Maternidade e o Encontro com a Própria Sombra" da Laura Gutman e lá fala bem isso, que nossos filhoso são a nossa sombra, a sombra de suas mães. Tudo que fazemos, que somos reflete nas nossas crias.

Estou trabalhando em casa e certo dia resolvi achar que deveria dedicar exclusivamente meu tempo à Olivia, que iria me arrepender de ter que deixá-la por alguns  momentos  esperando para resolver coisas de trabalho. Depois percebi que isso era uma grande bobagem, pq a realidade é essa e preciso trabalhar e temos muito mais tempo livre juntas do que qualquer outra coisa.
Além de passarmos o dia grudadas ela dorme metade da noite em cima do meu peito. Sou uma mãe canguru, e essa posição é a que ela mais gosta. Ajuda nas suas possíveis cólicas, pq é quentinho e seguro (até hj presenciei somente uma crise de cólica dela), ela sente meu calor, o pulsar do meu coração, ajuda em seu desenvolvimento pisicomotor e é praticamente como se ela ainda estivesse dentro da minha barriga. 
Olivia é esperta e me surpreende com suas soluções para as situações de sua vida. Sabe lidar perfeitamente com o fluxo forte do meu leite, arrumou um jeitinho pra dar conta do recado sem se frustar; sabe como demonstrar que quer dormir, que quer mamar, que quer brincar, que quer tagarelar -  nunca vi uma bebê de 2 meses falar tanto...rs   Sabe esperar eu tomar banho, fica sentadinha na cadeirinha me olhando pelo box enquanto eu canto e conto historinhas pra ela e logo depois é a sua vez, a vez da bagunça na banheirinha. Ela já deixou claro que agora prefere mais o banho na banheira do que no chuveiro, pra frustação do papai :(   
Olivia já está medindo 59cm e pesando 6,5kg, com tamanho e peso de um bebê de 4, 5 meses. Roupinhas é uma coisa que não vence mais comprar e morro de pena quando alguma que gosto muito não serve mais, e isso acontece sempre. Esta usando tamanho G e nem completou 3 meses.
Ela já fica de pé e durinha quando seguro seus bracinhos e seu pescoço já está bem firme. Sua pernas são muito fortes, é incrível, e o papai costumar dizer que ela será ciclista como ele quando crescer.

Sei que vivemos bem, passeamos de carro só nós duas sem encanações, ela lá atrás na cadeirinha e eu dirigindo cantando pra ela; me alimento super numa boa, como todas as comidinhas que tenho vontade, sem restrições e nunca tivemos problemas com isso, e acho que a receita disso tudo seja não encanar com  quase nada e deixar a vida fluir naturalmente . O resultado é uma bebê tranquila e de bem com a vida.
Assim como foi o nosso parto, natural, temos uma vida assim também e isso tem funcionado muito bem :)

7 comentários:

Sandra Hellen disse...

Olivia esta um encanto de menina! Que linda! E que sorriso mais fofo!!!
Suas palavras com certeza passam felicidade e tranquilidade, por isso a Olivia e tao fofa assim!!!

Bjus

PS: Adorei a blusinha dela!!! Rockeirinha linda!!!

Cintia Fernandes disse...

ai amigaaaa... que fofa. no rostinho dela dá pra notar que ela é tudo isso sabia? sem bajulação alguma: sua filha é muiiito bela! faz tempo que não vejo bebê assim. todos são belos claro, mas a Olívia não é so a roupinha que a deixa fofa. ela já nasceu fofa de natureza. amoooo vir aqui!

Clara Lua disse...

oiii! nossaa que legal , quantas atividades bacanas que vc faz com sua baby, to doida para saber onde rola, moro em atibaia, pertinho de sampa, mas por aqui nada consta e yoga só para crianças a partir de 3 anos, me passa os endereços do yoga baby, do encontro de amamentação, pq quem sabe eu não consigo ir num final de semana !!! Valeuu
tbm tenho um blog, www.umoutrovoce.blogspot.com.br

Rosi disse...

Querida

Passei para avisar que tá rolando um concurso especial do Dia das Mães lá no blog. E o prêmio é super criativo.
Passe por lá e partipe!

Bjs

Dadá disse...

jU,

QUE bacana, a Olivia tá uma gostozura mesmo, com essas pernocas e buchechas dá vontade de fazer guti, gutiii
Preciso combinar para conhecer essa princesa... Ah!! aproveito para desejar-te um super dia das mães, (o primeiro) e manda um beijão p/ a Luciana.

Julia Bayeux Petriccione disse...

Oi Dadá!!!
Feliz dia das Mamis pra vc tb!!!
Venha nos visitar sim!!!
Tenho muitas saudades sua!!!
Um beijão

Julia Bayeux Petriccione disse...

Clara, eu faço tudo no http://www.maternidadeativa.com.br/ mas é sempre durante os dias da semana. Beijos pra vc!!