domingo, 2 de janeiro de 2011

Parir

Depois de um tempo grávida, me informando muito em grupos, lendo tudo a respeito de gravidez e parto, pude fazer uma escolha consciente do que quero pra mim e para minha bebê e ainda ser respeitada, o que hoje em dia dificilmente acontece.
O que vemos hj em dia são médicos induzindo suas pacientes a um parto cesária "mais seguro" e muitas grávidas desinformadas, e tb sem menor vontade de se informarem a respeito, optando por este caminho muitas vezes desnecessário e pior para elas.
A falta de informação da população em geral quando o assunto é parto é impressionante! Eu mesma no início da gravidez fazia parte disso e somente depois de um tempo consegui me conscientizar de como tudo funciona de fato.
Digo que não foi fácil, com certeza teria menos trabalho e pouparia tempo e dinheiro se me deixasse levar pelo caminho "natural" das coisas, sem me questionar e sem questionar o que a sociedade impõe para esta condição, o que na maioria das vezes não tem fundamento!
Os médicos já saem da faculdade preparados para uma cirurgia e ainda quando se deparam com qualquer condição adversa, fora do planejado, muitas vezes não sabem lidar, pela falta de prática mesmo com parto normal, vendo que o Brasil é o pais campeão de cesária no mundo, sendo o caminho mais fácil e mais rápido para o médico, mas muitas vezes o mais difícil e arriscado para a paciente, mas ela não sabe disso, acredita apenas no que lhe foi apresentado, pela sociedade e pelo próprio médico como o "mais seguro" e "menos dolorido".

Se a dor do parto fosse vista como a dor de um nascimento, a proximidade de uma vida gerada dentro da gente, uma transformação do nosso corpo e da nossa mente, com certeza muitas grávida pensariam diferente e não teriam tanto medo. Seriam encorajadas e isso ajudaria muito.
A dor do parto não deveria chamar dor e sim qualquer outro nome, pq dor vem de algo ruim, triste e parir é um milagre, é um dos momentos mais importantes da vida de uma mulher e do bebê que nasce, portanto, de todos nós.

Não tenho garantias de como será meu parto, mas minha escolha já foi feita e o mais importante, não corro o risco de que seja feitoqualquer procedimento desnecessário. Poderei protagonizar meu parto, sendo ativa e darei a melhor condição para a chegada da minha filha, sem nenhum trauma.

Parto natural não é normal. Parto normal é o que acontece com a maioria das mulheres, as quais criam traumas da dor e de outras coisas devido um parto difícil, pq foram induzidas de imediato ao sorinho com hormônio desnecessário, o que aumenta muito as contrações e a dor; ao corte chamado episiotomia no perineo, o que pode ser previnido antes mesmo do parto com a preparação do perineo; as anestesias usadas que afetam ela e o bebê - que chega ao mundo "grog" precisando ser reanimado até mesmo para respirar - além de tirarem a sensibilidade das contrações, o que pode fazer com que a grávida faça uma força além do necessário - causando lacerações no perineo - ou mesmo não conseguindo mais fazer força, sendo necessário fórceps e o corte do períneo (episio) para tirar o bebê, pq ele também não tem mais forças para sair, esta lesado com a anestesia.
São tantas intervenções para um coisa tão natural, vendo que antes mesmo de existir a medicina o parto já existia.
Os avanços da medicina ajudam e muito em casos, mas o que vemos que todos esses "avanços" acabam sendo utilizados muitas vezes sem a menor necessidade e prejudicam todo o processo natural das coisas.
Para quem deseja um dia engravidar ou mesmo se informar, esse video resume um pouco tudo o que esta escrito aqui.


7 comentários:

Sandra Hellen disse...

MARAVILHOSO!! Muito obrigada por partilhar conosco esse vídeo...fiquei maravilhada e feliz pq vou poder ter um parto normal humanizado...

Posso colocar o vídeo no meu blog e linkar você?

Beijos

Edna Fernandes disse...

Muito importante tudo o que vc escreveu todas as mães do mundo deveriam se conscientizar que parto natural é muito mais saudavel pra mãe e pro bebe!

Ana Claudia de Moura Becker disse...

Adorei seu post e continue assim. Vai dar tudo certo. Apesar de já conhecer o parto humanizado antes da gestação do Eric, aqui na minha cidade faz-se o parto normal com anestesia mas ainda é muito tradicional, médicos fazem em 70% das gestantes a episio (horrível), cortam o cordão muito rápido na minha opinião...enfim... pensei em ir ao São Luís em SP (onde vc escolheu) ja q meu convenio cobre, mas não sei como ele funciona. Se vc puder passar mais informações para mim, vou adorar.

Grnde abraço e feliz 2011!
http://anaivensbaby.blogspot.com/

Julia Bayeux Petriccione disse...

Sandra, pode colocar sim no seu blog, vamos divulgar!
Ana Cláudia, o São Luis parece que é o melhor para parto natural, tem quartos com banheira, próprio pra isso. Eu conheci e achei bem legal.
Bjão pra vcs e obrigada pela comentário Edna!!

Fotos Kids disse...

Oi tudo bem? É a minha primeira vez no seu blog, gostei e virei sua seguidora!

Ótima semana p/ vcs!
Beijos!

Nave Mamãe disse...

Apoiada em tudo!
Eu também peregrinei até achar uma médica do parto natural e continuo peregrinando pra achar uma segunda que cubra as férias da minha...
É um absurdo!

Cris Lingeries e Sex Shop disse...

PRIMA QUE LINDO SEU BLOG MENINA!! TUDO DE BOM ELE HEIMMM!ALÉM DE INFORMAR,TIRAR MUITAS DUVIDAS SOBRE PARTO,ELE EMOCIONA POIS É SINCERO E REAL,QUE VENHA A LINDA OLIVIA COM MUITA SAUDE,CHEIA DE VIDA COM OS PAPAIS MAIS CORUJAS DO MUNDO!